Prefeitura mantém redução de gasto com servidores nomeados em comissão

A redução foi de 43,9% no gasto com salários dos servidores e redução de 44,4 % no número de funcionários nomeados

18/05/2017 11h12 - Por: Redação

Prefeitura mantém redução de gasto com servidores nomeados em comissão
Foto: FL Piton/PMRP

A economia que a Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto está fazendo com a redução do número de servidores nomeados em comissão sem vínculo efetivo é, a cada dia, mais sólida e nítida. No primeiro quadrimestre, em comparação com o mesmo período do ano passado, a redução foi de 43,9% no gasto com salários dos servidores em comissão que teve uma redução de 44,4 % no número de funcionários nomeados.

No primeiro quadrimestre deste ano foram nomeados 121 funcionários, sendo gasto R$ 2.710.594,43. Já no primeiro quadrimestre de 2016, o gasto com 218 servidores nomeados foi de R$ 4.835.772,22. Uma redução que não afeta o funcionamento da administração, mas tem resultado na economia para ajudar o município a sair da crise econômica.

Desde que assumiu a Prefeitura, o prefeito Duarte Nogueira determinou que todas as secretarias, autarquias, fundações e as sociedades de economia mista reduzissem em pelo menos 20% as despesas com cargos em comissão. “Vamos economizar cada centavo que for possível para investir na melhoria da cidade e da vida das pessoas”, disse Nogueira.

A maior parte dos cargos em comissão, 70,27%, são hoje ocupados por servidores públicos efetivos da prefeitura, demonstrando que a nova administração tem prestigiado os funcionários de carreira.

Para acompanhar de perto esse trabalho de controle de gastos, foi criado o Comitê de Otimização do Gasto Municipal (Cotim) que, com a ajuda de outras medidas, conseguiu economizar R$ 45 milhões no primeiro trimestre deste ano, podendo resultar numa economia aproximada de R$ 180 milhões até o fim de 2017. A meta é conseguir economizar R$ 300 milhões, pois o déficit previsto é de R$ 350 milhões.

Últimas notícias de Ribeirão Preto

Página 1 de 32