TC determina suspensão da emergencial para contratação de empresa para prestação de serviço de transporte coletivo

A Prefeitura de São Carlos tem prazo de 48 horas para apresentar ao Tribunal, uma cópia integral do processo convocação em referência, inclusive de seus anexos.

19/05/2017 06h33 - Por: Redação

TC determina suspensão da emergencial para contratação de empresa para prestação de serviço de transporte coletivo
Foto: Divulgação

A Prefeitura de São Carlos foi notificada no final da tarde desta quinta-feira (18), pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/SP), referente ao recebimento de uma representação por parte da advogada Daniela da Silva Batista que solicitou ao Tribunal exame prévio do processo nº 18.607/17, que dispõe sobre contratação emergencial para a exploração e prestação de serviço de transporte de passageiros por modo coletivo no município.

Devido a essa representação o recebimento das propostas que seria nesta sexta-feira, das 9h às 10h, no Paço Municipal, foi suspenso, permanecendo assim até que o Tribunal profira decisão final sobre o caso.

A representante questiona o critério de julgamento pelo menor valor do subsídio público para complementação das tarifas cobradas dos usuários.

A Prefeitura de São Carlos tem prazo de 48 horas para apresentar ao Tribunal, uma cópia integral do processo convocação em referência, inclusive de seus anexos.

Últimas notícias de São Carlos

Página 1 de 189